Setores

Alcooleiras

O setor sucroalcooleiro é a área da agroindústria responsável pela produção do açúcar, do álcool e de outros derivados da cana-de-açúcar, como por exemplo o etanol. O Brasil é um dos maiores produtores mundiais do complexo sucroalcooleiro, com alto desempenho em todos os segmentos: cana-de-açúcar, açúcar e álcool.

Celulose

O Brasil é o maior produtor mundial de celulose de fibra curta, pois o clima brasileiro favorece o plantio de eucalipto, espécie originária da Austrália, é no Brasil onde as árvores de eucalipto tem a maior produtividade, não somente pelo fator climático favorável como também pelos investimentos em tecnologia florestal. A celulose de eucalipto é responsável por 73% de todo o mercado de celulose de fibras curtas, com uma demanda de 24 milhões de toneladas em 2017.

Fundição

O setor de fundição é a base de toda a indústria e um dos principais termômetros da economia. De acordo com a Abifa, o Brasil tem 1.167 empresas de fundição, que empregam cerca de 50 mil pessoas.

Mármore e Granito

O Brasil possui uma imensa quantidade de riquezas minerais com grande potencial exportador no setor de Mármore e Granito. É o 8º país em exportação de blocos e o 5º maior exportador de rochas ornamentais acabadas. Atualmente, o mercado de rochas no país movimenta cerca de 2,1 bilhões de dólares por ano, incluindo a comercialização no mercado interno e externo e as transações de máquinas, equipamentos, insumos e materiais de consumo e serviços.

Metalmecânico

O setor metalmecânico incorpora todos os segmentos responsáveis pela transformação de metais nos produtos desejados, desde a produção de bens até serviços intermediários, incluindo máquinas, equipamentos, veículos e materiais de transporte.

Mineração

Importante fonte de renda, a mineração é um suporte financeiro e econômico para o país. No caso do Brasil, a atividade se torna grande protagonista nesse contexto, em função do potencial do solo nacional, caracterizado por seu diferencial e riqueza.

Naval

O setor naval tem funções estratégicas para a economia do Brasil, tendo forte impacto no segmento de defesa militar e navegação marítima, indústria náutica, com a construção e reparação de embarcações através de estaleiros de grande porte.

Óleo e Gás

A indústria do petróleo e gás mobiliza uma série de atividades em diversos setores da economia brasileira, como por exemplo, transportes, construção civil, indústria automobilística, siderurgia, entre outros, gerando renda e empregos de forma direta e indireta em todo o Brasil.

Serralheria

O setor de Serralheria possui forte representatividade no Brasil e no Espírito Santo. Com uma vasta gama de produtos e serviços, o setor atende as necessidades da indústria e também do consumidor final, gerando empregos de forma direta e indireta em todo o País.

Siderurgia

A indústria siderúrgica é importante fornecedora de insumos para diversos outros setores da indústria de transformação, bem como para a construção civil. Trata-se de uma indústria caracterizada pela presença de grandes empresas, que operam as diversas fases do processo produtivo, desde a transformação do minério em ferro primário (ferro gusa), até a produção de bobinas laminadas a quente, a frio ou galvanizadas, para aplicação em produtos na indústria automotiva, de bens de capital, naval, de linha branca, entre outras.