Notícia

O que é a celulose e quais as suas utilidades

A celulose é a base para a fabricação de papel. Extraída das árvores, as indústrias também a utilizam para a fabricação de certos tipos de plásticos, vernizes, filmes, seda artificial e diversos produtos químicos. O Brasil é um dos grandes produtores mundiais de derivados de celulose como, por exemplo, o papel. Florestas de eucalipto são plantadas para a obtenção desta importante matéria-prima.

A celulose é utilizada, principalmente, para fabricar papel. A extração é feita de espécies como eucalipto (65%) e Pinus (31%). A fibra de Pinus é mais longa do que a encontrada no eucalipto e possui também grande resistência mecânica. No Brasil, são 60 empresas de papel e celulose.

Contudo, nem só de papel vive a celulose.  Suas aplicações são gigantescas e bem variadas, sendo utilizada para produzir outros tipos de produtos. Algumas delas são:

Na indústria têxtil, a aplicação mais conhecida está na fabricação da viscose utilizada para fazer tecido.  Já na indústria farmacêutica a celulose é utilizada para revestimento de comprimidos e cápsulas para medicamentos.

Na indústria alimentícia sua aplicação é imensa, indo desde a produção de tripa de celulose para confecção de embutidos (salsichas, linguiças,salames etc) até sua utilização como emulsificantes, espessantes e estabilizantes que entram na composição de alimentos como sorvete, hambúrguer, queijos, entre outros.

E por fim, na construção civil a celulose também é utilizada para a confecção de painéis utilizados para divisórias de ambiente, conhecidos como drywall.

Aqui no Espírito Santo a celulose capixaba é usada até do outro lado do mundo, a celulose do nosso estado é exportada para 86 países. Todo esse processo de produção envolve mais de seis mil pessoas, movimentando a economia em diversos setores.  Especificamente essa celulose capixaba é produzida há mais de 50 anos em Aracruz, no norte do estado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Outras notícias

Granito e Mármore: Conheça as diferenças e onde usa-los

As dificuldades do setor Metal Mecânico